Calendário

January 2019
S M T W T F S
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31

Redes Sociais

Utilizadores Online

Temos 80 visitantes e 0 membros em linha

Contador de visitas

Acessos a Artigos
125404

Boas Festas

 Boas Festas

Aqui está a prova de que, juntos, podemos fazer mais e melhor. Esta árvore de Natal, à primeira vista igual a tantas outras que nesta época invadem os mais variados espaços, não é, de todo, igual a qualquer uma outra. Esta foi construída com o contributo de um número quase incalculável de crianças, alunos, técnicos, professores e assistentes técnicos e operacionais do agrupamento, respondendo a um desafio da equipa técnica. Estrela a estrela, mensagem a mensagem, postal a postal, ela foi tomando forma até se tornar no nosso Postal de Natal. Tem a particularidade de não ter “custado nada” e de ser totalmente reciclável. Nesta época, aquilo que desejamos ver partilhado por todos também não tem custos e é reciclável: solidariedade, compreensão e esperança!

 

Boas festas, comunidade educativa!

 

A Direção

Dezembro de 2018

 


 

Hóquei em patins na Pré-escolar

Este projeto desenvolve-se em parceira com a Criar-t Hóquei.  Tem dado um contributo bastante positivo para o desenvolvimento motor e social das crianças. A maioria das crianças adere com interesse e motivação, sendo uma atividade aliciante, cativante e motivadora nas suas aprendizagens.

As crianças têm oportunidade, numa forma lúdica de aprender, a deslocar-se no espaço de forma diferente do habitual,  consciencializando-as das diferentes possibilidades de locomoção e divertimento. É uma atividade  enriquecedora no âmbito do equilíbrio, da concentração, da atenção, da lateralidade e do cumprimento de regras.

Promove igualmente o espírito de equipa, interajuda, cooperação, respeito pelo próximo e  autoestima.

 

                A coordenadora do departamento curricular da pré-escolar, Educadora Rita Conceição

Música no 1º Ciclo

A música, no sentido estético, funda-se genericamente na ‘Arte de exprimir sentimentos e emoções através dos sons’. É neste sentido que a audição se assume como, o Sentido por excelência, ao receber e codificar os estímulos acústicos atribuindo-lhes significado.

Estudos comprovam que a combinação dos sons e dos silêncios em sequências de ritmo e/ou melodia organizados no tempo é codificado pelo nosso cérebro desde que nos tornamos ‘pensantes’; é pois fundamental, estimular cedo esta capacidade que possuímos, para poder fazer uso dela em pleno e disfrutar desta Arte ao longo da nossa vida.

Na abordagem inicial o trabalho junto dos alunos centra-se no ouvir/ reproduzir em imitação fazendo uso da voz e de timbres corporais. O domínio do corpo na sua vertente mental e física é explorado e desenvolvido constituindo um alicerce sólido para a aprendizagem futura de um qualquer instrumento musical.

Objetivos:

  • Imitar/ reproduzir vocalmente sons de altura definida ajustando a afinação e observando a precisão da pulsação/ ritmo;
  • Aprender e interpretar vocal/ corporalmente canções de temáticas variadas;
  • Fruir a música individualmente como parte integrante de um grande grupo coeso e solidário.

 

O dinamizador do projeto, Professor Alexandre Lourenço

Ciências por miúdos

O projeto “Ciências por miúdos” pretende responder de forma articulada ao propósito da Educação em Ciências, contribuindo para os objetivos presentes no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar, Aprendizagens Essenciais para o Ensino Básico e no Projeto Educativo do Agrupamento.

Este projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de competências, em particular, na área de Saber científico, técnico e tecnológico, que dizem respeito à mobilização da compreensão de fenómenos científicos e técnicos e da sua aplicação para dar resposta aos desejos e necessidades humanos, com consciência das consequências éticas, sociais, económicas e ecológicas.

São destinatários as crianças da pré-escolar e alunos do 1º ciclo.

                                                                 O dinamizador do projeto, Professor Jorge Gonçalves